Como aparecer mais que o seu concorrente, pagando menos! O fator que você REALMENTE controla no seu anúncio.

Ao promovermos anúncios nas redes sociais, uma das maiores inquietações é o custo envolvido. Não é raro ver campanhas consumindo todo o nosso orçamento sem entregar os resultados esperados. Isso frequentemente se deve a um planejamento inadequado ou a falta dele.
Há fatores decisivos que as plataformas consideram ao decidir exibir um anúncio: o Lance, a Taxa de Ação Estimada e a Qualidade do Anúncio. Contrariando o que muitos acreditam, esses fatores dependem em grande parte de nós. E é aqui que reside a oportunidade de se destacar frente aos concorrentes, e ainda economizar.

O leilão de anúncios do Facebook e do Google Ads é um processo complexo que determina quais anúncios serão exibidos para um usuário em particular e em que ordem. Embora os detalhes específicos de cada plataforma possam variar, os princípios básicos são semelhantes. Aqui está uma visão geral simplificada de como esses leilões funcionam:

  • Definição do Anunciante: Os anunciantes definem seu público-alvo, orçamento, lance máximo e outros parâmetros para suas campanhas. Pode parecer que a taxa de ação estimada é um número mágico determinado pelos algoritmos, mas uma correta definição de público pode influenciar positivamente essa taxa. Por exemplo, anunciar um produto para pessoas de 45 a 55 anos para um público de 20 anos reduz drasticamente a probabilidade de cliques.
  • Solicitação de Anúncio: Quando um usuário acessa uma página ou aplicativo que possui espaço para anúncio (por exemplo, uma pesquisa no Google ou um feed do Facebook), ocorre uma solicitação de anúncio.
  • Seleção de Anunciantes Elegíveis: Com base na solicitação de anúncio e nas definições do anunciante, as plataformas identificam quais anunciantes são elegíveis para exibir um anúncio para aquele usuário em particular.
  • Leilão: Entre os anunciantes elegíveis, ocorre um leilão. No entanto, o vencedor não é determinado apenas pelo lance mais alto. Ambas as plataformas consideram a relevância do anúncio para o usuário e a qualidade do anúncio (por exemplo, através da taxa de cliques esperada). Isso significa que um anúncio com um lance mais baixo, mas com alta relevância e qualidade, pode superar um anúncio com um lance mais alto, mas com baixa relevância.
  • Determinação do Preço: O preço que o anunciante vencedor paga geralmente é baseado no valor necessário para superar o próximo concorrente mais alto no leilão, e não necessariamente no seu lance máximo.
  • Exibição do Anúncio: Após a conclusão do leilão, o anúncio vencedor é exibido para o usuário.

Alguns pontos importantes a considerar:

  1. Relevância é Crucial: Ambas as plataformas priorizam a experiência do usuário. Anúncios relevantes e de alta qualidade têm uma chance melhor de serem exibidos, mesmo que o lance seja mais baixo.
  2. Orçamento e Lance: Definir um orçamento diário ou total para sua campanha é importante para controlar os gastos. O lance que você define é o máximo que está disposto a pagar por um clique (CPC) ou por mil impressões (CPM), dependendo da estratégia escolhida.
  3. Estratégias de Lance: Tanto o Google Ads quanto o Facebook oferecem várias estratégias de lance, desde lances manuais até lances automatizados baseados em metas, como retorno sobre o investimento em publicidade (ROAS) ou custo por aquisição (CPA).
  4. Segmentação e Público-alvo: Uma segmentação precisa pode aumentar a relevância do seu anúncio para o público-alvo, o que pode melhorar sua performance no leilão.

Você já experimentou alguma dessas táticas em suas campanhas? Quais foram os resultados? Adoraria ouvir suas experiências e insights nos comentários abaixo. E se você tiver dúvidas mais específicas ou precisar de conselhos sobre como otimizar sua estratégia de anúncios, não hesite em me enviar uma mensagem privada para meu e-mail: [email protected] . Vamos crescer juntos!

Comentários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima